Rede dos Conselhos de Medicina
avaliação

Avaliação do Mais Médicos

O Programa Mais Médicos, sempre combatidp pelas entidades médicas, vai receber a visita de representantes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) na próxima quinta-feira (02). A entidade vai avaliar o trabalho do Programa Mais Médicos aqui no Estado de Alagoas, onde 59 municípios trabalham com o Programa, contando com a participação de 220 médicos.

A Opas tem visitado todo o Brasil, iniciando pelos estados do Nordeste, com a finalidade de renovar o compromisso firmado entre a própria Opas, Cuba e o Ministério da Saúde para o Programa Mais Médicos, que encerra em 2016. Estado e municípios alagoanos também assinaram termo de adesão para o Programa que, de acordo com a coordenadora estadual do Mais Médicos, Ivana Pita, gerou satisfação. Mas as entodades médicas contestam a versão e alegam que a falta de condições d etrabalho e de preparo técnico dos profissionais impedem uma assistência de qualidade.

Os impactos do Programa serão apresentados aos representantes da Opas, o coordenador regional do Programa Mais Médicos/NE, Glauco Oliveira; e o chefe da equipe de cooperação técnica do Programa Mais Médicos, Jesus Virgílio Lafarge. A agenda inicia no dia 02 de julho, com reunião na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) com a gestora da pasta, a médica Rozangela Wyszomirska.

Ainda na quinta-feira (02 de julho), no Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), um representante de cada região de saúde também participa de reunião com os consultores da Opas. Já na sexta-feira (03), acontecem visitas aos municípios de Girau do Ponciano, Craíbas e São Miguel dos Campos, onde serão apresentados os indicadores de saúde.

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner